domingo, 16 de novembro de 2014

Sobre madrugadas

Primeiramente é preciso dizer que estou bebada..
Segundamente que minha mãe falou pra nao ligar o pc;;
Voltando de um pagode, gostaria imensamente de saber o que faz os homens acreditarem que " precisamos de alguma coisa".
Esse final de semana pude ver o quanto é excitante uma preta batalhadora... porque foi isso que ouvi entre algumas cantadas. Como se isso fosse opção. Queria entender o que faz esse caras pensarem que eu sou tão boa de cama e tão foda como eles pensam, ao ponto de serem totalmente previsíveis e patéticcos.... gostaria muito de entender porque eu serviria pra tudo menos pra falar sobre como foi o dia.
Sim, é muito bom ser independente. E aí é bom avisar o quanto vcs parecem imbecis com suas frases clichês.
E o melhor: quando tentam ser surpreendentes são tipo, deprimentes.
Um cara branco diz " você merece ser amada". Como se eu não soubesse o que é ser amada... O que você acha menino? Que eu só fui comida a vida toda? Acorde: não preciso do seu aval!
E aí vocÊ tem que entrar em amenidades, falar pouco e sorrir mais, pra não humilhar quem está em volta. Pra não dizer "sério que tu acha isso? Não! lê mais um pouco." Pra não achar todo mundo meio cego....
Mesmo bêbada, vendo embassado você ainda tem seu raciocìnio... E o telefone toca...e é aquela ligação que faz vc se sentir tão boba quanto todo mundo...Mas nem importa...
Porque o mundo tá muito brabo pra curtir isso. Tão brigando com o motorista do ônibus...o cartão não passou. Você sabe que não devemos brigar uns com os outros. O capital quer isso, mas você não se acha comunista. Você está bêbada, mas mesmo assim se preocupou com a menina na fila do banheiro que estava chorando. Era menor de idade, não sei se aconteceu algo, ou se foi só bronca da mae. Esse mundo tá uma merda. Mas vc só queria um pagode..
E quem era o cara enchendo o saco e te chamando de grossa? Nem fui grossa, só nao tava afim...e tiveram os outros... será que sou grossa?
Quer saber: só nao tava a fim!
No meu quarto rosa, com edredom de flores, com tudo limpinho... Me sinto menos de tudo que eu sou. Nem lembro bem o que falei no telefone...o sanduiche estava bom...e amanhã é segunda feira.


(Publicação original em 03/11)